Guerra com o Irão iminente?

Trump diz que os EUA estão "Locked and Loaded" para responder ao ataque da Arábia Saudita

No momento em que o preço do petróleo estava a baixar desde o seu recente pico recorde, voltou a subir, na sequência de um tweet do presidente Trump que tornou a guerra com o Irão praticamente inevitável.

Pouco antes das 19:00, Trump twittou que “o suprimento de petróleo da Arábia Saudita foi atacado. Há razões para acreditar que conhecemos o culpado, que estamos trancados e carregados, dependendo da verificação, mas aguardamos o Reino para saber quem eles acreditam que foi a causa deste ataque, e em que termos iremos proceder!”

Deixando de lado a confissão implícita de que a política externa dos EUA no Médio Oriente é agora inexplicavelmente conduzida pela Arábia Saudita, o que é muito mais preocupante é a declaração de Trump de que o exército dos EUA está “trancado e carregado”, e destinado a atacar o país que instigou o ataque às instalações da Arábia Saudita, que, segundo Mike Pompeo, não era o Iémen, e os seus rebeldes de Houthi, mas sim o Irão.

E, no caso de não ser claro como a Arábia Saudita irá ordenar os EUA “para prosseguir”, em maio, The Arabes News – um jornal que há muito é presidido por vários filhos do Rei Salman até 2014 e é considerado como refletor da posição oficial – publicou um editorial em Inglês na quinta-feira, argumentando que, após incidentes desta semana contra alvos de energia sauditas, o próximo passo lógico “deveria ser ataques cirúrgicos”.

A ironia aqui é que, na semana passada, o Irão pareceu subitamente à beira de novas conversações com os EUA, depois de Trump ter demitido sem cerimônias John Bolton, que há anos insistia num ataque ao Irão. E no entanto, com o desaparecimento de Bolton, o seu resultado mais desejado foi alcançado com os militares norte-americanos agora “locked and loaded” para atacar o Irão… Quase se pergunta onde Bolton estava quando “Irão” estava lançando drones na Arábia Saudita.

Aliás, quem espera que os preços do petróleo baixem quando os EUA invadirem o Irão ficará muito desapontado.

Por enquanto, o mercado está claramente ciente do que tal resultado significaria para os preços do petróleo, e nem mesmo o tweet subsequente de Trump disse que “MUITO PETRÓLEO!” fará qualquer coisa para aliviar os receios de que esteja a chegar uma guerra plena no Médio Oriente.

Sobre João Mendonça 5 artigos
O portal de referência da actualidade para a geração millennial

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.